segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Alcorão

Sem razão para citar o alcorão?
livro sagrado.
palavras ecoadas do coração.
centenas de novos irmãos
todos juntos lendo o alcorão.
de Maomé, Davi, Judas e o profeta João.
Sagrado o alcorão.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Espumas

 Ondas de mar bravio
alguém viu a espuma
flutuar?
O PEIXE?
O HOMEM AO MAR
ou o homem do mar.
Ondas a navegar
em que porto aportar.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Água mãe

Mata, mata
Sede
Água mãe
limpa, cristalina
lubrifica
Mãe-d -água
Por que ?
Mata!

domingo, 4 de agosto de 2013

Governo

brincar de governar
alienar.
não conhece o lugar
passar.
amigos, todos juntos
dividir.
povo, que povo
do mar.


segunda-feira, 29 de julho de 2013

SOM

Sons
soa no ar
sem parar.

Som som
busca a ecoar
em algum lugar.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Raiva

Encantos e ao mesmo tempo o pranto
dor e arrepio.
Longe do ninho
mesquinho.

Nego a ausência
penitência.
o ódio se aproxima
lágrimas de sangue.

Irritação
aborrecimento com estranhos.
Segundos de ganhos.
Abismo de crueldade em nova idade.

sábado, 29 de junho de 2013

Rússia

Urais de Givago
frio cortante
pensamentos distantes
horizonte que não acaba.

longa estrada
vazia e gelada
brancura glacial
O trem mas parece uma nave espacial.

Fico rico de paisagens
contemplando o Baikal
limpo, profundo
verdadeira realeza da natureza.


Lampejos do Passado

A terra dos anos antigos
dos primeiros amigos.
As esquinas do saber
ou ouvi dizer.

A casa da mãe
lugar certo na mesa.
sopa farta
papa como sobremesa.

Quarto de duas portas
caminho estratégico.
Cama de cedro
fortaleza de ninho

Papo na calçada com vizinhos
roupa de linho
saboreando um bom vinho
banda militar que passa.

Marinete lotada
patamar da igreja
biatas de terço na mão
ouve o sermão com graça.

feira da quarta
praça lotada.
rodas de camelô
pão doce e cocada.

Pinga com piaba
rapadura leite de cabra.
fava e feijão
logo a feira acaba.

Difusora filme anuncia
Jerônimo rei do sertão
noticias do canal 100
Brasil campeão.




.




segunda-feira, 17 de junho de 2013

Passos

Andar...
         levando, sentindo o ar
respirar.
             Alpes a desejar?
Estive lá.
          sonhos a sonhar
peregrinar.
A fé!
            está lá.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Seca dos Diabos

Seca devora tudo
governantes mudos
arrasa a alma
paisagem cinzenta
há quem aguenta.
Ave agorenta
a fome aumenta
mingau de cachorro,
ameniza o choro
da criança anênica.



sexta-feira, 26 de abril de 2013

NOVA A DITADURA

A ditadura voltou?
foi o Zé?
todo mundo é mané.
O pais dos aloprados,
viciados de cargos,
ricos de última hora.
B N D ESES de benesses,
Petro óleo de incompetentes.
Não sabem da seca,
kits de eleições,
já não se governa.
Rasgam a constituição,
será que é uma nova Revolução?

terça-feira, 2 de abril de 2013

Haykai

Ao pranto canto
encanta-me lágrimas
chuva de sentimentos.

segunda-feira, 25 de março de 2013

sábado, 23 de março de 2013

terça-feira, 5 de março de 2013

FARRA

Não conte
nem avance
chega a sua vez.
dois passos
calce o sapato
a domingueira
outra vez.
Sentiu o peso da bolsa
valores conquistados
economia do passado.
sai em noite de lua
deslumbrando as luzes
luxo e prazer.
Doses duplas
ofertas em clones
incentivos em cubos para esquecer.
Visões estimulantes
pardos que não engana
gasta toda a grana.
Volta embriagado
satisfeito e acompanhado
tem que tire o sapato.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

VERDADES

O barulho do entulho
conta-se dinheiro.
Novo endereço
sabe-se do paradeiro.
O sotaque denuncia
é estrangeiro.
Andar ligeiro
avança no tempo.
Olhar há horizonte
ver-se o futuro.