terça-feira, 21 de setembro de 2010

TEMVERÃO

Andar de verão,belo visual.
beleza natural envolta de areia
espumas de sabão.

Ondas reclamam em teu corpo bater,
oceanos desejam te conhecer
coqueiros envolve em sombras de tesão.

Ventos massageiam de pele em cor do pecado,
o sol fica arrepiado quente de prazer.
Talha molhada sem pudor.

São sereias da imaginação,
em que a natureza é o prazer.
Quero conhece-la antes que venha outra estação.

domingo, 19 de setembro de 2010

sábado, 18 de setembro de 2010

Tentação 6

Conhecer de tudo,
abraçar mundos.
Ouvir línguas,
tradução em gestos.
Saborear alimentos,
aromas e titelas.
Cidades e vilas,
campino e campônio.
Rostos e vultos,
nômades e ninfas.
Amigos novos,
visitas de feriados.
Paisagens intocáveis,
areia molhada com cheiro infantil.
Saborear o desego,
de quem conheci.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

TENTAÇÃO 5

Brilhante de jardim
Jade de querubim
toca em mim.

Pérola mar
Âmbar de mistérios
deseja-me.

Ametista amiga
citrino de desejos
Agua marinha minha.

Esmeralda em valsa
rubi de encantos
encanta-me.